Grávida aos 40

Porque é que eu já não escrevo tanto no blog, vocês querem saber. Mandam até e-mails a perguntar. E as bloggers, toda a gente sabe, vivem para esses e-mails, uma espécie de garantia de que o que fazem não é uma inutilidade. Bem, senta aí um minutinho que eu vou contar o que se passa. É que nos últimos meses aconteceram duas coisas importantes na minha vida. Vou começar não-cronologicamente, pode ser? O Acontecimento nº 1 foi o meu quadragésimo aniversário. Vocês já fizeram quarenta anos? Vocês já passaram por isso? Não é tão mau como parece, embora a gente deixe definitivamente de ser uma menina, apesar da senhora da farmácia teimar que sim. É, não dá mais para fingir inocência e ingenuidade. A partir dos quarenta, a inocência e a ingenuidade passam a ser parvoíce mesmo. De resto, tudo ok. Fiz festa, sim. Aliás, isso eu recomendo vivamente. Façam uma festa de quarenta anos exatamente como vos apetece. Façam na praia, façam no arraial, façam no hotel de luxo, façam em vossa casa, façam na casa do vizinho, façam no Crazy Nights para lembrar as matinées loucas da vossa adolescência. O quê, o Crazy Nights já não existe? Façam na porta do Crazy Nights então. Para a minha festa, eu ambicionava um maravilhoso almoço de primavera ao ar livre, junto a um lago, com amigos, família, crianças correndo ao sol, chapéus de palha. Uma coisa assim muito campestre, muito Monet. É, não correu como esperado. Lembram-se daquele dia em maio em que choveu muito em Lisboa? Aquele dia em que choveu mais do que tinha chovido no inverno inteiro? Pois. Esse foi o dia dos meus anos. Assim, foi um almoço um pouco diferente do que eu tinha imaginado, todos encolhidos numa sala com lareira olhando o jardim ensopado lá fora. Gostei na mesma, claro. Impossível não gostar de um almoço em que fui tão beijada, tão abraçada e em que tanta gente se comoveu olhando a minha cara. Foi um belo exercício de lisonja. Por isso, eu aconselho mesmo. O Acontecimento nº 2 precedeu o primeiro. Umas semanas antes dos quarenta, dei por mim num estado interessante, dei por mim de esperanças, dei por mim embaraçada no sentido espanhol do termo. Dei por mim à espera de bebé aos quarenta. Se vocês estão grávidas aos quarenta, meu primeiro conselho é que não leiam nada na internet. Mesmo. Tudo aquilo é assustador. Ficamos achando que vamos parir um ovni, um tubérculo, um banco de piano ou um ovo de avestruz. Em alternativa, falem com a vossa avó ou com alguém com mais de setenta anos. Essas pessoas poderão dar-vos toda a informação necessária, bem como inúmeros exemplos de mulheres que conhecem em primeira mão e que deram à luz, com sucesso, para lá dos cinquenta. E não, não eram personagens bíblicas. Era só gente do tempo pré-contracepção. E, finalmente, como é que se vai chamar o rebento, é o que vocês querem saber antes de fecharem esta página. Não vou mentir, houve um bando de nomes sobre a mesa, como Astérix, Pablo, Winston, Filho dos The Strokes, Amadeus, Luís XIV, Átila, Nabucodonosor, Varoufakis, Bebé ou Rúben como aquele rapaz muito encarnado da Casa dos Segredos. Mas acho que vai ser Francisco mesmo.

(Imagem: Monet pintou-me aos quarenta anos)

monet-madame-monet-and-her-son

Anúncios

13 comments

  1. Aconteceu me parecido. Imaginava uma festa num fim de tarde no campo, com uma mesa enorme em madeira , luzes suspensas, amigos e boa conversa e boa comida e muito vinho e muita música e dança. Mas antes também me aconteceu uma pequena e maravilhosa alegria. Fui mãe a 3 meses de fazer os 40 . Parabéns, estou mesmo feliz !

    Liked by 1 person

  2. Olá!
    Parabéns!! Aconteceu o mesmo comigo: também fiz 40 na primavera, também estou grávida! mas já tenho um Francisco… e uma Leonor! Mas eu deixei de estar em estado de graça, para passar a ser olhada como louca: 3???? Os comentários variam:
    – Foi um acidente e estou desesperada;
    – Sou louca e devo estar farta de estar bem;
    – Ninguém me liga nenhuma porque já sei tudo!
    E confirmo tudo, a partir do momento em que fazes 40, cuidado, muito cuidado, pois podes estar prestes a ter um allien a sair-te da barriga!! E tens de fazer uma parafernália de exames, e tomar caixas e caixas das mais variadas vitaminas, e evitar estes e aqueles alimentos, como se o teu corpo deixasse de funcionar aos 40…. resumindo, como dizes, não ler nada, confiar no médico e siga que é o melhor do mundo!!!
    Beijinhos, e continua a escrever!!

    Liked by 1 person

  3. Cara Joana,
    Enquanto cidadã agradeço-te por esse bebé que vem a caminho… O mundo precisa de mais pessoas inteligentes e com sentido de humor! Desejo que os teus genes de multipliquem e resistam (no mínimo) durante os próximos séculos!!!
    Como leitora desejo-te MUITAS Felicidades! 😉

    Liked by 1 person

  4. Que notícia boa!
    Muitos Parabéns!
    Uma nova aventura!
    A Internet é sempre assustadora!
    Vai correr tudo bem! O nosso corpo e a nossa mente acumulam sabedoria!
    Bem-vindo, Francisco!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s