Vénus e o photoshop

O photoshop existe desde sempre. Claro que na Antiguidade Clássica, ou no século X ou na Renascença, não se chamava photoshop. Mas, quando as imagens pertenciam aos artistas, e apenas aos artistas, também eles embelezavam as feições, camuflavam imperfeições físicas, disfarçavam verrugas e estrabismo. A obsessão pela beleza e formusura, não é vício do novo milénio. Não é exclusividade da moda, das redes sociais ou das capas de revista. Henrique VIII queria parecer mais alto e mais novo, Isabel I queria feições mais suaves. Como nós os compreendemos. Nunca ninguém quis ser imortalizado parecendo mal. Nunca ninguém quis ser imortalizado parecendo feio. Ou muito gordo. Ou atarracado. A ditadura da imagem sempre existiu.

(Imagem: Olha aí os abdominais da Vénus de Milo. Será que as mulheres gregas do final do século II a.C também se queixavam desses standards impossíveis?)

Venus_de_Milo_Louvre_Ma399_n3.jpg

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s