Olha aí a nação sonâmbula

Olha aí a nação sonâmbula. A mulher entra na cozinha, mas não se lembra do que foi lá fazer, o que vim aqui buscar? volta para a sala, para depois se lembrar que afinal precisava de uma tesoura, que na realidade não está na cozinha, está no escritório. Essa mulher dormiu seis horas esta noite. Olha aí a nação sonâmbula. O homem entra falando entaramelado na reunião, mostra o powerpoint errado. Esse homem dormiu quatro horas, ficou terminando um relatório. Olha aí a nação sonâmbula. Ás nove da manhã, há um homem discutindo no trânsito junto do Saldanha por causa de um sinal vermelho. Esse homem passou a noite nas urgências com filho que tinha uma otite aguda, sala de espera e antibiótico e mais não sei o quê. Dormiu umas três horas, porque acordou cedo para trabalhar. Olha aí a nação sonâmbula. Na nação sonâmbula, dorme-se nos autocarros de boca aberta, de pescoço mole, dorme-se num canto do MacDonald’s, gente ativa sucumbe frente ao computador, as crianças dormem no colo, dormem a caminho da escola, dormem nas cadeirinhas, a mosca do sono ataca-as no sofá ao fim do dia. Na nação sonâmbula não temos tempo. Não temos tempo para dormir.

(Vídeo: 2016 soa a 2010. When we were youngMais aqui)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s