A arte do pedinchanço

Se há um conselho que gostava de passar às gerações futuras quando escrever a minha autobiografia intitulada ‘Yo’ – um trocadilho inteligente entre a exclamação para chamar a atenção de alguém cool e ‘eu’ em espanhol – é que pedinchar é uma excelente forma de conseguir coisas. Não estou a falar de pedir, não. É mesmo pedinchar. Eu própria sou a prova viva de que isso resulta. Uma vez, quando tinha apenas quinze anos – mas parecia uns onze subdesenvolvidos – entrei numa discoteca em Alcântara depois de ter estado duas horas a moer os ouvidos do porteiro com gemidos caprichados: Por favor, deixe-nos entrar, por favor, por favor. Os porteiros são durões, mas a pedinchice de três adolescentes revelou ser a sua kryptonite. Vencido pelo cansaço, o homem levantou a corda e deixou-nos passar. Contudo, eu sou uma amadora no que toca ao pedinchanço. Como em todas as artes, há os verdadeiros profissionais. Como uma colega de trabalho que conheci no meu primeiro emprego. Na altura da renovação de contratos, ela entrava no gabinete e praticamente chorava aos pés do diretor da empresa. Que não tinha dinheiro para gasolina, que não tinha dinheiro para comprar sapatos novos, que não tinha dinheiro para o passe do metro, que não tinha dinheiro para comer, nem para a renda da casa. A história dela fazia a infância do Oliver Twist parecer aburguesada. Presenciar aquilo tinha um efeito muito dramático mas, no caso dela, era teatro mesmo. Porque, ela não era diferente de outros em termos de necessidades. A diferença é que nós entrávamos dignos e sugeríamos aumentos baseados na nossa produtividade. Ela fazia o diretor puxar do lencinho e assoar-se condoído. A diferença é que ela foi sempre aumentada. Nós não. Yo.

(Imagem: Boreas,  John William Waterhouse)

john_william_waterhouse_1_boreas

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s