Acordando na praia, tremendo de frio

Há quem diga que não liga ao ano novo, que a passagem de ano é uma convenção, que não tem significado. Há quem diga que é a noite mais aborrecida do ano. Gente que não gosta de fogo de artifício, que não bebe champagne, que acha a textura das passas enjoativa, que quando soam as doze badaladas está na cama dormindo. Há também quem adore a passagem do ano e lhe chame réveillon, tudo nessa festa tem charme francês. Há quem tenha andado nos saldos a escolher um vestido rodado, há quem tenha comprado muitas garrafas de bebidas com palmeiras no rótulo, quem vá passar a noite inteira dançando e adormeça na praia tremendo de frio. Amanhã, vamos todos acordar na pista de corrida com o som da pólvora seca. O relógio gigante vai parar brevemente nos zero minutos, o voo da pantera vai ficar suspenso no ar. E logo, logo, o tiro sai e a contagem recomeça. Tão feliz esse ano novo.

image (10)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s