Uma viagem ao Taiti

A minha amiga trazia a camisola mais bonita. Chegou vestida de azul turquesa e toda a gente na cafetaria ficou olhando e sonhando com os mares quentes lá no Taiti. Um aquário a céu aberto, coqueiros verdes, bugallows sobre a água, coroas de flores, ilhas de coral, o monte Orohena. Aquela camisola, aquele casaco eram uma viagem e a minha amiga está também a viajar. É uma viagem assim: ela fala de medicina quântica e reiki. Ela fala de lactose. De arroz integral e de algas. De naturopatas. De meditação e de energias e de caminhadas. Toda ela parece uma nova pessoa, toda ela parece tão esclarecida, como se tivesse a resposta a todas as perguntas. Mas, eu fiquei em terra e não apanhei esse avião exótico. Eu não falo essa língua estranha que a minha amiga agora aprendeu a falar. Goji, chia, quinoa. Aqui no meu país ainda há batatas fritas e frango no churrasco. Ainda há leitão da Bairrada. Eu espero que todo este mar não nos afaste. Porque eu gostava muito de ir ao Taiti. Mas só de férias.

(Imagem: I love you, Manet)

1024px-In_the_Conservatory_-_edited

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s