Um senhor muito velho

As histórias que conto aqui nem sempre são verídicas, mas esta por acaso até é. Há dezasseis anos, no meu primeiro emprego, eu e o meu marido trabalhávamos com um senhor que era velho. É preciso dizer que éramos muito novos portanto, para nós, aquele senhor ‘muito velho’ devia ter uns sessenta anos. Na verdade, tinha quarenta e seis. Mas, eram uns quarenta e seis tão acabados que pareciam os novos setenta. Ontem, encontrámos esse senhor na rua. Achámos que ele estava impecável. Igualzinho ao que era. Nem mais um cabelo branco, nem mais um centímetro de barriga, nem mais uma ruga. Finalmente, os sessenta de aparência correspondiam aos sessenta de verdade. Ele, em contrapartida, achou-nos muito mais velhos. Com um ar cansado, desluzido, sem o lustro de antigamente. Vocês não se andam a tratar, disse ele. Se calhar, o truque é esse. Envelhecer tudo de uma vez só e depois ficar gerindo o ar maduro.

(Vídeo: Ouvi esta hoje na rádio e fui a dançar no trânsito até ao trabalho. Amanhã escrevo mais sobre os Gossip. E vai com um abraço para os meus colegas de trabalho que começaram também a ler este blog)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s