A Ascensão das Mães-Avós

As estatísticas dizem que a fertilidade das mulheres depois dos quarenta é uma tragédia. Pior. Basicamente, dizem que engravidar depois dos trinta já é complicado. Acredito. Mas, na minha pequena amostra de mundo, as excepções são a regra. Nunca tive tantas amigas grávidas como agora: uns segundos antes de fazerem quarenta ou uns meses antes de chegarem aos quarenta e um. Algumas estão a ter o primeiro. Outras o segundo ou o terceiro. Na escola da minha filha, descobri-me a mãe mais nova da turma e, é importante notar, quando a minha filha nasceu eu estava quase a fazer trinta. Gosto desta tendência. Cinquentonas no parque infantil, cinquentonas na reunião da escola, cinquentonas a descerem na montanha-russa no parque de diversões. Se calhar é mesmo como eles dizem: Os quarenta são os novos trinta.Velocidade Furiosa: A Ascensão das Mães-Avós.

(Imagem: Sinais humorísticos em Sidney. A-DO-RO. Mais aqui)

marquez-1marquez-2

Anúncios

2 comments

  1. tive a primeira aos 35 e a segunda aos 39. engravidei à primeira e de acordo com as análises e médicos, sou muito mais sã(udável) que muitas mulheres de 30 (sim, também fiquei banza). Não me sinto nada mãe-avó…sinto-me é ás vezes uma mulher mais velha (que sou).

    Liked by 1 person

  2. A mãe-avó é uma brincadeira. Ouvi algumas pessoas usarem o termo e também achei um pouco estranho 🙂 Conheço cada vez mais gente que é mãe mais tarde. E ainda bem 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s