Internet killed the video star

Eu falava com uma amiga sobre a ‘geração MTV’ – a nossa – e o filho dela de 12 anos perguntou ‘o que é a MTV?’. Eu sorri, mas foi como se de repente entrasse num túnel do tempo e visse a minha avó a contar com entusiasmo do dia em que compraram a primeira televisão. A preto e branco. O tempo passa mesmo e as coisas que eram frescas e modernas tornam-se obsoletas. Às vezes essas coisas frescas e modernas somos nós, que nos deixamos enrugar de tanto dormir ao relento. Há trinta anos, a música tocava na rádio e as bandas faziam vídeos que víamos exclusivamente na televisão. Esses vídeos eram momentos. Eram fenómenos. Nós fixávamos cada frame com atenção, decorávamos roupas e coreografias. Os leggings azuis da Madonna no Like a Virgin. A t-shirt ‘Italians Do It Better’ da Madonna no Papa Don’t Preach. O fato de sevilhana da Madonna no La Isla Bonita. Enfim, todas as roupas de todos os vídeos da Madonna. Depois veio a internet, depois veio o Youtube e a vida passou a ser outra. E a Madonna também. Esta semana, na sala de espera do Hospital CUF Cascais, eu via esses vídeos antigos em repeat na VH1 – que é um canal de vídeos musicais para avozinhas. Percebi que, se calhar, não é tanto a música que mudou, mas definitivamente as cantoras pop usam muito menos roupa nos dias que correm. É comparar o vídeo aí em baixo com qualquer coisa que a Beyoncé tenha feito nos últimos tempos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s