Chegar ao interior

Hoje acordei com manias de grandeza e vontade de sair da cidade. Então, decidi logo ali organizar uma escapadinha ‘vá para fora cá dentro’ para os próximos dias. Como não conduzo, estou dependente dos comboios e das camionetes. Uma excentricidade. Andei à procura de informação online. Distâncias, preços, horário, tipo de transporte. E, esta tarde, descobri que é mais fácil chegar a Dubrovnik ou a Budapeste do que a Castelo de Vide mesmo aqui ao lado. Assim, acho que vou mesmo ‘para dentro cá dentro’. (É exagero, claro, mas como parecem escassos os transportes para o nosso interior. E agora, podíamos ficar aqui divagando sobre o lado metafórico da expressão ‘transportes para o nosso interior’, mas isso seria pura perda de tempo.)

(Imagem: Na praia com a Vogue em 1952. Foto de Richard Rutledge)

vogue10

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s