Outra vez o Tom Cruise

A gente começa a envelhecer naquele segundo em que uma rapariga no trabalho nos mostra a foto de um rapaz muito novo e diz: tão giro, não é? Nós achamos que ela está a brincar mas, antes de nos pronunciarmos, puxamos dos óculos e vemos de novo com atenção, mas por mais que olhemos aquele miúdo não se parece nada com o Tom Cruise no Cocktail (que foi o pior filme dos anos 80 e, por isso mesmo, também o melhor) ou com o Kevin Costner naquele filme em que era espião russo ou com o Edward Norton em qualquer filme que alguma vez fez. Mas dizemos: Sim, muito. E conseguimos parar a tempo, porque logo a seguir iríamos dizer: Um borracho e estragávamos tudo. Lá está, não queremos que ela perceba que nos tornámos na mãe dela. Depois a conversa fica por aí, porque é complicado explicar quem era o Tom Cruise (ele agora é outra pessoa) ou o Kevin Costner (ele também é outra pessoa agora, ou então sempre foi a mesma, mas eu tinha 14 anos). Em todo o caso, percebemos que nos tornámos naquelas senhoras que, quando andávamos no liceu, nos queriam convencer que o Sean Connery era sexy. Credo. Afinal, o Sean Connery podia ser nosso avô.

059-tom-cruise-theredlist

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s