Melhor que Eurodisney

Noite de verão tem cheiro de sardinha. Mas esse cheiro não me remete para marchas descendo a avenida. Cheiro de sardinha me leva direta para 1988, jantar de turma no sexto ano, na feira popular. Ou para 1989, jantar de turma também na feira popular. Na verdade, todos os jantares de turma eram na Feira Popular de Lisboa.

Não havia verão sem algodão doce, montanha russa, dragão, bailarina e comboio fantasma. Não havia verão sem aquelas luzes todas piscando, os carrinhos de choque e o mítico Poço da Morte. Vocês lembram-se do Poço da Morte? Eu acho que entrei uma vez, quando era miúda pela mão do meu tio, mas nem sei se é verdade. Vai ver e é a memória pregando partidas, inventando o que não aconteceu. Mas, lembro-me do cartaz com as caras pintadas, as letras gordas prometendo emoção sem fim. Pensando melhor, acho que nunca entrei mesmo. Meus pais eram contra.

Agora, eu conto estas coisas aos meus filhos e para eles a Feira Popular é extraordinária. Melhor que qualquer parque de diversões, que qualquer parque aquático. Melhor que a Eurodisney.

(Imagem daqui)

_MG_1275

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s