Mortais e deuses gregos

É uma discussão interessante esta do Messi e do Ronaldo. Há quem diga que Messi é melhor porque nasceu genial, enquanto o sucesso de Ronaldo se deve (apenas) ao seu trabalho. Curioso, porque parece validar essa ideia de que o talento natural é mais precioso do que o esforço. Ser bom ‘porque nos esforçamos’ não parece ser tão impressionante como conseguir resultados porque ‘nascemos sobredotados’.

No dia a dia, esta ideia ecoa também nos escritórios: Aquilo estava porreiro, mas só porque ele demorou imenso tempo a fazer. Ou em relação à beleza: Ela não é assim tão gira, aquilo é tudo trabalhado. O cúmulo da ironia: queremos vender (e comprar) a ideia do sucesso aliado ao esforço e ao trabalho, quando inconscientemente estamos sempre à espera que nos aterre na mão um deus grego, caído graciosamente do Olimpo.

(Imagem: Chungkong)

CR7

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s