Apologia dos erros ortográficos

Os erros ortográficos revelam três características sobre quem os pratica. A primeira – e a mais evidente – é a convicção de que o conteúdo prevalece sobre a forma. O importante é passar a mensagem e a mensagem chega, apesar da falha.

Em segundo lugar, os erros indicam arrogância porque o sujeito, sabendo em muitos casos que neles incorre, não toma precauções para os evitar. Permite-se este excesso de confiança porque subentende a existência de um agente secundário cuja função é corrigi-lo. O erro será emendado por alguém que se ocupa dos detalhes, das coisas pequenas. Assim, só quem desconfia dos outros nunca se permite errar.

Em terceiro lugar, o erro ortográfico traduz rebeldia, insubmissão. Os que o cometem têm dificuldade em conter-se nas regras e demonstram desdém pelas mais elementares leis. Falta ainda dizer que um bom erro ortográfico pode ainda ser uma manifestação de criatividade e sentido de humor. E o que é um “bom erro ortográfico”? Isso não sei, mas gosto disto. Viva o erro ortográfico.

(Na imagem: Descubra o erro. Uma bem-sucedida campanha da Snickers de 2013)

snickers-spelling-mistake-600-11423

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s